Home > Artigos > Princípios SOLID - Princípio da Segregação da Interface - 4 de 5

21-03-2023

Princípios SOLID - Princípio da Segregação da Interface - 4 de 5

Princípios, SOLID, Princípio, Segregação, Interface


Melhorar as interfaces criando-as de forma específica em vez de as criar genéricas, é esta a ideia base do Princípio da Segregação da Interface. Este é o quarto princípio do conjunto de princípios SOLID, que foi proposto por Robert C. Martin para desenvolvimento de software orientado a objetos. O Princípio da Segregação da Interface estabelece que as interfaces devem ser segregadas de tal forma que os clientes não sejam obrigados a depender de métodos que não utilizam.


A ideia central do Princípio da Segregação da Interface é que os clientes não devem ser forçados a depender de interfaces que não utilizam completamente. Isso é importante porque a dependência de interfaces desnecessárias pode levar a um acoplamento desnecessário entre classes, o que pode tornar o código mais difícil de entender e manter. Portanto, o Princípio da Segregação da Interface incentiva a divisão de interfaces em interfaces menores e mais coesas, que contêm apenas os métodos que são necessários para um determinado cliente.

Recorrer a este princípio é especialmente importante em projetos maiores, onde muitas classes e interfaces estão envolvidas. Se as interfaces não são segregadas adequadamente, pode ser difícil para os programadores entenderem como as diferentes partes do sistema se encaixam e como podem ser usadas. Por outro lado, se as interfaces são segregadas adequadamente, o código será mais fácil de entender e manter, o que pode levar a uma base de código mais robusta e menos propensa a erros.

Com o Princípio da Segregação da Interface é promovida a reutilização de código, o que é importante em qualquer projeto, onde a mesma funcionalidade pode ser necessária em várias partes do sistema. Ao dividir as interfaces em interfaces menores e mais coesas, os programadores podem reutilizar essas interfaces em várias partes do sistema, em vez de ter que escrever interfaces separadas para cada parte.

O Princípio da Segregação da Interface é um princípio orientado a objetos, mas pode ser aplicado em outros contextos, como a programação funcional. Em todos os casos, o Princípio da Segregação da Interface incentiva a divisão de interfaces em interfaces menores e mais coesas, que contêm apenas os métodos que são necessários para um determinado cliente. Isso pode tornar o código mais fácil de entender e manter, o que é crucial em projetos maiores e mais complexos.


Artigos relacionados:

 

 

 

 

👉 Instagram @niuGIS

RELACIONADAS


05-05-2023
ECMAScript

Contacte-nos 214 213 262

Informações