Home > Artigos > Como funciona o Big Data e a geração de "valor" para os negócios

07-04-2022

Como funciona o Big Data e a geração de "valor" para os negócios

Como funciona - Big - Data - Geração - Valor - Negócios


A era digital por fazer parte das relações económicas e sociais representou uma evolução nos sistemas de negócio e na ciência. Ferramentas como o Google Analytics (existem muitas outras) são agora de grande importância não só na definição das estratégias de gestão, marketing, mas também no aumento da produtividade, na redução dos custos e na tomada de decisões mais inteligentes. A essência do conceito Big Data está em gerar valor para os negócios.


São múltiplas as ocasiões em que ouvimos dizer que o Big Data oferece novos insights (conhecimentos / perceções / visões) que abrem novas oportunidades e modelos de negócios…, mas como funciona? Como posso começar?

 

Para perceber como funciona e como começar o Big Data, há que adotar 3 ações principais:

 

1. Integrar

O Big Data reúne dados de muitas fontes e aplicativos diferentes. Mecanismos tradicionais de integração de dados, como extrair, transformar e carregar (ETL - extract, transform, and load) geralmente não são suficientes, não estão à altura da tarefa. Há que recorrer a novas estratégias e tecnologias capazes de analisar conjuntos de Big Data na escala dos terabyte ou até petabyte.

Durante a integração, há que trazer os dados, processá-los e certificar-se que estão adequadamente formatados e disponíveis num formato com o qual os analistas de negócio possam trabalhar.

 

2. Gerir

O Big Data requer armazenamento. A solução de armazenamento pode estar na nuvem, nas suas instalações ou em ambos. Consoante as suas necessidades pode armazenar os dados em qualquer formato, trazer os requisitos de processamento e os mecanismos de processo necessários para esses conjuntos de dados. Muitas pessoas escolhem a solução de armazenamento com base no local onde estão os dados. A nuvem está gradualmente a ganhar popularidade, porque suporta os requisitos de computação atuais e permite que faça a gestão dos recursos conforme as necessidades do momento.

 

3. Analisar

O investimento em Big Data compensa quando analisa e age de acordo com os dados. Ao lhe ser proporcionado um dashboard obtenha uma nova clareza através da análise visual dos vários conjuntos de dados. Explore ainda mais os dados para fazer novas descobertas. Partilhe as suas descobertas com outras pessoas. Crie modelos de dados com machine learning e inteligência artificial.

 

São inúmeras as áreas de aplicação em que o Big Data está ajudar as organizações:

  • Utilizador / Comprador - análise do comportamento
  • Logística - gerar eficiência na definição de melhores rotas
  • Saúde - prevenção de doenças com base na análise de padrões e dados históricos
  • Financeiro - deteção de fraudes com base na análise de prévias atividades fraudulentas
  • Sistemas de recomendação - recomendações com base em sistema analítico
  • Otimização de preços - processar e analisar dados para otimização dinâmica de preços
  • Assistentes virtuais - interações com o utilizador capazes de dialogar e interagir com clientes
  • Manutenção preditiva – capacidade preventiva de fazer uma manutenção antes da avaria

  

Artigos relacionados:

 

👉 Follow @niuGIS

RELACIONADAS


Contacte-nos 214 213 262

Informações