Home > Artigos > O papel dos SIG na antecipação das intenções Russas

01-03-2022

O papel dos SIG na antecipação das intenções Russas

Papel - SIG - Guerra - Antecipação - Intenções - Russas


O mundo vive dias estranhos. Ainda mal saímos de uma pandemia e entretanto surge uma guerra na Ucrânia que já mudou o futuro das decisões na União Europeia.


Depois do rasto traumático deixado pela 2ª Guerra Mundial, ninguém acreditava que uma outra guerra na Europa fosse possível nas próximas gerações.

Crentes nesta impossibilidade, no decorrer das últimas décadas a Europa canalizou grande parte dos seus recursos com o intuito de desenvolver as vertentes relacionadas com o bem-estar social em detrimento da defesa do espaço europeu.

Mas… entretanto… tudo mudou! Tudo mudou no exato momento em que a Rússia decidiu invadir a Ucrânia. A Europa sentiu-se algo ameaçada com as ambições Russas e no decorrer do último fim-de-semana assistiu-se a um forte e firme movimento de coesão da União Europeia.

 

Movimentações - Militares - Fronteira - AntesMovimentações - Militares - Fronteira - Depois

 

O papel dos SIG, dos satélites e a georreferenciação de informação geoespacial teve e continua a ter um papel crucial ao capacitar o registo dos movimentos das tropas russas.

As imagens de satélite mostraram por antecipação as intenções da Rússia. Não só porque tinha cada vez mais tropas, mais equipamento pesado e hospitais de campanha na Bielorrússia, a poucos quilómetros da fronteira ucraniana, mas também na Rússia com o registo de incrementos significativos de forças a poucos quilómetros da Ucrânia. Foram detetados perto da fronteira da Ucrânia com a Rússia vários novos destacamentos de tropas, bem como transportadores de equipamento pesado, utilizados para mover tanques, artilharia e outro equipamento pesado.

O acompanhamento por satélite e monitorização da movimentação das forças russas perto das fronteiras ucranianas foram decisivas na antevisão das intenções da Rússia.

O conceito de Comando, Controlo, Comunicação e Coordenação em operações militares está amplamente dependente da disponibilidade de informações espaciais precisas para se tomar rápidas decisões operacionais.

Na atual era digital, o SIG é uma excelente ferramenta para os comandantes militares nas operações. O uso de SIG nas forças militares revolucionou a forma como essas forças operam e funcionam. Existe uma significativa variedade de geoaplicações, incluindo cartografia, inteligência, gestão do campo de batalha, análise de terreno, deteção remota, gestão de instalações militares e monitorização de possível atividade terrorista.

 

👉 Follow @niuGIS

RELACIONADAS


24-11-2021
Missão DART

Contacte-nos 214 213 262

Informações