Home > Artigos > Cartografia de Risco e os 3 Grandes Grupos de Risco

09-12-2021

Cartografia de Risco e os 3 Grandes Grupos de Risco

Cartografia - Risco - Inundação - Mapas


Na sequência dos vários posts elaborados a propósito da COP26 e das alterações climáticas em curso, é cada vez mais notório que as catástrofes têm vindo a afetar a vida e bens da sociedade causando um aumento de mortalidade e prejuízos económicos com uma tendência para aumentar ao longo dos próximos anos.


Atendendo às alterações climáticas, e tal como sucede um pouco por todo o mundo, o território europeu e nacional tem vindo a experienciar um vasto número de eventos perigosos que podem influenciar por forma negativa o desenvolvimento regional. A falta de ordenamento e o mau planeamento de emergência para dar resposta às catástrofes naturais, poderá constituir um aumento do risco na segurança da população.



A nível nacional é por demais óbvia a necessidade de elaborar cartografia de risco à escala municipal capaz de dar apoio ao ordenamento do território e à elaboração de planos Municipais de Emergência. A identificação do risco visa localizar e registar as características dos principais tipos de risco que possam ocorrer no território.



As várias componentes do risco como a severidade, suscetibilidade, perigo, vulnerabilidade, probabilidade do perigo, exposição, dano potencial, entre outros, são conceitos fundamentais a ter em conta aquando da elaboração de uma carta de risco.



Para estruturar e sistematizar ideias, podemos agrupar os tipos de risco em 3 grandes grupos:

 

  • Riscos Naturais:

Resultam do funcionamento dos sistemas naturais (sismos, movimentos de massa em vertentes, erosão do litoral, cheias e inundações);

 

  • Riscos Tecnológicos:

Resultam de acidentes, frequentemente súbitos e não planeados, decorrentes da atividade humana (cheias e inundações por rutura de barragens, acidentes no transporte de mercadorias perigosas, emergências radiológicas, poluição marítima);

 

  • Riscos Mistos:

Resultam da combinação de ações continuadas da atividade humana com o funcionamento dos sistemas naturais (incêndios florestais).

 

Tipos - Risco - Naturais - Tecnológicos - Mistos



Amanhã iremos fazer um breve resumo que evidencia os perigos que potencialmente poderão afetar as comunidades intermunicipais e os seus municípios, sendo entendidos como eventos ou situações de carácter natural ou tecnológico ou misto, com potencial para causar algum impacto negativo na comunidade. Deste modo a identificação dos perigos é uma das primeiras etapas na análise do risco.


Artigos Relacionados:


👉 Follow @niuGIS

RELACIONADAS


24-11-2021
Missão DART

Contacte-nos 214 213 262

Informações