Home > Artigos > Os SIG e a emergência da abordagem geográfica no combate às Alterações Climáticas

12-11-2021

Os SIG e a emergência da abordagem geográfica no combate às Alterações Climáticas

SIG - emergência - abordagem - geográfica - combate - Alterações - Climáticas


A conferência do clima (COP26) está marcada para terminar esta sexta-feira, mas a falta de consenso sobre o texto final deverá prolonga-la pelo fim-de-semana. Durante duas semanas, mais de 120 líderes políticos e milhares de especialistas, ativistas e decisores públicos estiveram em Glasgow para atualizar os contributos dos países para a redução das emissões de gases com efeito de estufa até 2030.


Para todos os presentes é inquestionável a importância do tema e a necessidade premente de tomar medidas de mitigação imediatas para impedir o aumento da temperatura do planeta, que leva a alterações climáticas.

A questão das alterações climáticas é um dos principais desafios ambientais e sociais da atualidade, por muitos considerado o tema que irá moldar o século XXI, pois as mudanças no clima são agora encaradas como forças transformadoras do futuro.

 

SIG - Portugal - Temperatura - geográfica - combate - Alterações - Climáticas

 

Neste enquadramento, é também unanime a opinião que os SIG são nesta matéria ferramentas essenciais e a sua utilização imprescindível na resolução do problema.

O advento das alterações climáticas induziu-nos à emergência da “abordagem geográfica”, uma forma de pensamento orientada para a resolução de problemas que integra a informação geográfica na forma como entendemos e gerimos o nosso planeta.

Com os SIG e a abordagem geográfica, é possível adotar uma posição proativa, sendo este um ponto crucial no que diz respeito ao problema das alterações climáticas.

 

SIG - Portugal - Precipitação - geográfica - combate - Alterações - Climáticas

 

Embora os profissionais de SIG possam utilizar esta metodologia de uma forma intuitiva, o processo de investigação geográfica poderá ser descrito e sistematizado em cinco etapas:

- Ask - Questionar: questionar numa perspetiva geográfica; qual o problema a analisar/solucionar e qual a sua localização?;

- Acquire - Obter: reunir os dados necessários e, eventualmente, criar novos dados, adequados, para responder à(s) questão(ões) colocada(s);

- Examine - Verificar: verificar os dados (inspeção visual, esquema, topologia e metadados);

- Analyze - Analisar: testar vários métodos de análise; utilizar diferentes parâmetros e algoritmos, procedendo a uma análise crítica dos resultados;

- Act - Decidir/Agir: desenvolver a mensagem a transmitir com definição do público-alvo; criar o suporte para a comunicação.

 

Como nota final, haverá que dizer que um SIG deve ser capaz de responder a 5 questões elementares:

  • Onde? (localização dos objetos ou fenómenos);
  • O quê? (propriedades e atributos dos objetos ou fenómenos);
  • Como? (análise espacial, relação entre objetos ou fenómenos);
  • Quando? (conservação histórica de dados, análise temporal da sua evolução);
  • E se? (estudos de impacto, simulação, prospetiva).

 

SIG - Mundo - emergência - abordagem - geográfica - combate - Alterações - Climáticas

 

👉 Follow @niuGIS

RELACIONADAS


24-11-2021
Missão DART

Contacte-nos 214 213 262

Informações