VINAGRE CEBOLAS
Home > Informação > Dados Espaciais, Leitura da distribuição espacial daqueles para quem trabalhamos

17-08-2021

Dados Espaciais, Leitura da distribuição espacial daqueles para quem trabalhamos

Dados - Espaciais - Leitura - distribuição - espacial - daqueles - quem - trabalhamos


Os dados espaciais são frequentemente subvalorizados na gestão das atividades e nas decisões políticas das diversas organizações, públicas e privadas. Porém, são algo extremamente valioso para qualquer organização que presta serviços (seja a clientes, seja a munícipes ou fregueses, seja a cidadãos ou a empresas) porque, sem grande esforço extra, permitem a essa organização tomar as melhores decisões com base na distribuição espacial daqueles para quem trabalham.


Quando falamos de dados espaciais, de facto estamos a falar de dados que representam coisas concretas do mundo real (com existência física ou conceptual, como por exemplo um edifício ou uma rota de um autocarro), e aos quais está associada a sua informação no espaço e no tempo. Um edifício existe num local a partir do momento em que é construído, mas antes também já existia nesse mesmo local, porém apenas como projeto.

A utilização de modernos sistemas de informação geográfica (SIG), vocacionados para as áreas de cadastro e cartografia, permitem aos diferentes planeadores organizarem e planearem melhor onde, como, e quando devem oferecer os seus próprios serviços e produtos aos seus clientes.

Para a área de marketing pode ser muito relevante conhecer a distribuição dos clientes, no espaço que rodeia a área de atuação, ou então ter uma representação das zonas a que se destinam os artigos vendidos. Por exemplo, uma cadeia de lojas pode usar a informação espacial para determinar qual o local que terá um maior número de potenciais clientes por perto, restando-lhe depois decidir se vale a pena abrir aí uma loja (com base nas restantes variáveis). Outro exemplo, ao nível público, pode ser a informação relevante para determinar o local que minimize a distância média que os munícipes têm que percorrer para chegarem a um centro de saúde; já a decisão de construção terá outras variáveis em conta, para além da informação espacial.

Ao nível da biodiversidade, a informação espacial tem uma importância crucial para a determinação dos biótopos, incluindo as zonas de alimentação da fauna existente, ou para o cálculo do impacto que a flora terá.

RELACIONADAS


24-11-2021
Missão DART

Contacte-nos 214 213 262

Informações