VINAGRE CEBOLAS
Home > Informação > Uso de drones na prevenção de incêndios florestais

26-07-2021

Uso de drones na prevenção de incêndios florestais

Drones - Prevenção de incêndios florestais


Uma das principais aplicações dos drones é o trabalho de prevenção no combate a incêndios florestais. Os drones podem ser um reforço da rede de videovigilância da Proteção Civil (aumentam a cobertura) e ao terem uma perspetiva aérea, permitem antecipar o que pode acontecer antes que os incêndios ocorram.


Os drones ajudam a avaliar e a analisar o risco de incêndio associado à estrutura / estado / tipo de vegetação e, desta forma, antecipam e facilitam a tomada de decisão, podendo assim preservar os ecossistemas.

No verão, a prevenção de riscos é uma das principais preocupações em áreas onde grande parte de seu território é exuberante. O uso de drones permite a medição e avaliação de superfícies queimadas, bem como a deteção de possíveis não conformidades em matéria de gestão de biomassa ou distâncias de plantio.

O uso de drones não só aumenta a fiabilidade dos alertas confirmados (reduz os falsos alertas), mas também permite uma maior precisão de recolha de informação capaz de melhor localizar e dimensionar os meios a deslocar para o combate dos incêndios.

Digno de destaque o facto dos drones também podem ser úteis para detetar crimes na vertente ambiental como descargas poluentes em cursos de água e/ou a deposição de resíduos.

RELACIONADAS


24-11-2021
Missão DART

Contacte-nos 214 213 262

Informações