VINAGRE CEBOLAS
Home > Informação > Os SIG e os Serviços de Imagens de Mapas

09-06-2021

Os SIG e os Serviços de Imagens de Mapas

Os SIG e os Serviços de Imagens de Mapas


Uma das formas mais comuns e versáteis de obter uma imagem de um mapa para visualização é através do uso de serviço de mapas pela Web. Este serviço é baseado num protocolo padrão universal desenvolvido pela OGC (Open Spatial Consortium) e tem a designação de Web Map Service (WMS).


É um serviço executado num servidor Web, que agrega a informação das camadas geográficas disponíveis, e gera, como resultado, uma imagem com as camadas seleccionadas pelo utilizador. No entanto existe uma variação deste serviço que permite que o resultado, em vez de ser apenas uma imagem com todo o mapa pedido, seja criado um conjunto de imagens individuais, que juntas formam um mosaico. Este serviço designa-se Web Map Tile Service (WMTS) e o seu funcionamento base é idêntico ao WMS, mas com algumas características de funcionamento e de uso que o distingue.

O serviço WMS permite obter todo o mapa pretendido num único pedido. A desvantagem é que todos os dados das camadas ativas têm de ser lidos e processados para obter a imagem final, o que se pode tornar num processo complexo e mais demorado para a máquina servidor.

O serviço WMTS, permite que o cliente faça vários pedidos mais simples ao servidor, sendo adequado para aplicações que necessitem de mostrar rapidamente as imagens do contexto que o utilizador está a visualizar. Este processo pode ser muito otimizado, através do uso de caches (imagens pré-processadas e guardadas) tanto no servidor como no cliente. A desvantagem do uso de tiles, está no facto de ser difícil de gerar corretamente alguns tipos de dados geográficos, como heatmaps por exemplo.

Assim, dependendo do intuito e das circunstâncias, é possível utilizar estes dois serviços (WMS e WMTS) em diferentes aplicações, em diferentes ambientes para diferentes fins.

RELACIONADAS


24-11-2021
Missão DART

Contacte-nos 214 213 262

Informações