VINAGRE CEBOLAS
Home > Informação > O impulso de temas / serviços adormecidos

01-06-2021

O impulso de temas / serviços adormecidos

O impulso de temas / serviços adormecidos


Uma coisa é certa, a Covid-19, além de exponenciar a revolução tecnológica em curso, obrigou o mundo a adaptar-se de forma rápida. A necessidade aguça o engenho!


A pandemia obrigou a sociedade, num contexto global, a pensar de forma diferente e a adotar novos métodos e hábitos de trabalho / consumo e como consequência assistiu-se ao incremento de interesse por temas / serviços algo “adormecidos”:

  • Professores e alunos tiveram que se adaptar rapidamente ao ensino a distância por meio de ferramentas online, que já existiam mas que eram pouco utilizadas;

  • Muitas consultas médicas têm sido realizadas pelo atendimento virtual para evitar uma maior contaminação. A telemedicina, como agora se designa, passou a ser exercida para orientação, encaminhamento e acompanhamento de pacientes, assim como para troca de informações entre médicos no auxílio dos tratamentos e diagnósticos;

  • As experiências culturais adaptaram-se e, com recurso às redes sociais, prosperaram múltiplas transmissões ao vivo de shows e espetáculos;

  • Negócios e vendas presenciais transformaram-se e adaptaram-se, em grande escala as vendas online;

  • A compra de produtos online com entrega em casa, que antes ainda era vista como uma tendência dos mais novos, tornou-se uma necessidade / comum para todos;

  • As empresas adotaram novas funcionalidades e métodos de trabalho para interagir, integrar e trabalhar em equipa. O esforço de adaptação foi notório e, mesmo remotamente, muitas conseguiram manter ou superar os níveis de produtividade;

  • Nos tempos de retorno à normalidade, muitas das empresas estão a manter os métodos forçados pela pandemia, pois a maioria obteve uma diminuição de custos ao reduzirem o tamanho dos escritórios e assim poupar em despesas de renda, limpeza, manutenção, eletricidade. Por outro lado, e porque muitos trabalhadores gostam da flexibilidade de horários, o seu trabalho tornou-se ainda mais produtivo. Apesar disso, também existem desvantagens, como os custos em novos equipamentos de comunicação e informática, pacotes de serviços de dados para distribuir aos trabalhadores ou outros equipamentos, tendo o saldo, apesar de tudo, sido positivo.

  • Digno também de destaque o impacto que teve no sistema energético mundial e nas emissões de CO2, penalizando fortemente o petróleo, e mostrando que as energias renováveis foram o setor mais resiliente do sistema energético durante a pandemia, pela sua flexibilidade, versatilidade e custo zero do combustível;

  • A economia de baixo carbono está diretamente ligada à geração dos chamados empregos verdes, muitas vezes funções já existentes / adormecidas, mas que agora ganham nova dimensão quando associadas a projetos que respeitem os princípios de preservação ambiental.

RELACIONADAS


24-11-2021
Missão DART

Contacte-nos 214 213 262

Informações