VINAGRE CEBOLAS
Home > Informação > Diretiva INSPIRE, Tipos de dados compostos

21-05-2021

Diretiva INSPIRE, Tipos de dados compostos

Diretiva - INSPIRE - Tipos - dados - compostos


O modelo de dados do INSPIRE tira proveito de tipos de dados compostos, ou seja, tipos de dados com múltiplos valores. Apesar de não serem de utilização muito comum, esta forma de estrutura é possível em ferramentas como o PostgreSQL. Os modelos de dados mais comuns, utilizam tipos de dados primários que podem ser limitados ou permitirem mais facilmente o armazenamento de dados com erros.


Por exemplo, para obter a informação sobre a altura de um edifício, num modelo tradicional, poderá existir um campo do tipo numérico (ou pior… texto), mas se quisermos saber qual a unidade de medida, terá que existir um segundo campo sem qualquer ligação estrutural ao primeiro.

O INSPIRE para a altura do edifício tem um campo composto, onde podemos preencher a altura (numérico) e a unidade de medida (escolhida de uma lista de valores), o tipo de dados permite ainda um subcampo para o ponto mais baixo onde a medida foi obtida, e outro para o ponto mais alto. Desta forma, e apesar de ser um modelo mais complexo, a informação acerca de cada registo é muito mais rica e precisa.

No âmbito dos sistemas de informação geográfica, a utilização deste tipo de estruturas ainda não é muito comum, e existem algumas limitações tecnológicas na leitura e divulgação destes dados nas ferramentas mais utilizadas. Mas esta é mais uma das vantagens que o Modelo INSPIRE preconiza para que seja possível obterem-se melhores informações a partir dos dados recolhidos.

Contacte-nos 214 213 262

Informações